Notícias

Documento antigo sugere que Judas não teria traído Jesus

Documento antigo sugere que Judas não teria traído Jesus

Um antigo documento encontrado na década de 1970 e que teria sido elaborado pelos primeiros cristãos sugere que Jesus teria pedido a Judas que o entregasse às autoridades para ser executado, com o objetivo de libertar seu espírito de seu corpo. Contudo, textos da Bíblia dizem que Judas traiu Cristo para receber 30 moedas de prata.

Desde que o documento foi encontrado havia dúvidas se ele realmente era antigo ou se poderia ser algum tipo de falsificação. Para tirar essa dúvida, pesquisadores explicaram, em uma reunião da Sociedade Química dos Estados Unidos, que uma análise química comprovou que a tinta encontrada nesses papeis tem características parecidas com as das tintas presentes em contratos de casamento e de terras do Egito do século 3 d.C. Com isso, estima-se que este documento, escrito na língua copta, do Antigo Egito, foi produzido em 280 d.C.

Atualmente, o Evangelho de Judas no Museu Copta, localizado no Cairo. Os documentos do Egito Antigo utilizados na pesquisa estão no Museu do Louvre, em Paris.